Sunday, November 29, 2015

November Comics

Olá little swans! Vocês sabem que eu faço as HQs do mês junto com outro post, mas dessa vez vai ser diferente porque, como prometido, eu irei resenhar Pétalas de Gustavo Borges, então o post vai ficar um pouquinho longo comparado às outras HQs do mês. Então vamos lá?
Hello little swans! As you already know, I post the comics of the month together with another post, but this time will be different because, as I've promised, I'll be reviewing Gustavo Borges' Pétalas, so this post will be a little longer than the previous comics of the month posts. So let's go.

BATMAN EUROPA #1


Leitores de HQs estão acostumados a serem enganados pela editora quando o assunto é ships. Chegou a vez dos shippers de batjokes (galera, a gente sabe que a DC ou qualquer outra editora nunca vai deixar um ship ser feliz, então a ideia é aproveitar enquanto durar). Semana passada, o Tumblr surtou após o lançamento da primeira edição, e não é pra menos. Batman foi infectado por um vírus desconhecido e a única pessoa que pode lhe salvar é... O Joker. Sem uma segunda opção, o morcego teve de se juntar ao palhaço e agora sairão Europa a fora em busca da cura.
Só tenho uma coisa a declarar: JÁ ACABOU JÉSSICA????
Comic readers are used to being fooled by the publishers when they are talking about ships. The time of the Batjokes shippers is now (guys, we all know that DC or any other publisher will never allow a ship to be happy, so have fun while it lasts). Last week, Tumblr freaked out after the release of the first issue and couldn't be different. Batman was infected by an unknown virus and the only person who can save him is... The Joker. With no plan B, the bat teams with the clown and are now traveling around the Europe to find the cure. 
DAMN DC. 



REVIEW: PÉTALAS


Pétalas é uma HQ independente que surgiu no Catarse. A arte e a história é do jovem Gustavo Borges, de apenas 20 anos, e as cores são da lindíssima e talentosíssima Cris Peter. A dupla precisava de R$5.000 para conseguir publicar a HQ e mais de R$50.000 (!!!) foi arrecadado. 
A história é one-shot e é muda, mas tem muito o que dizer. Uma pequena (e extremamente fofa) raposa está com o pai doente durante um rigoroso inverno, até que conhece um pássaro que irá mudar suas vidas. É bem simples, mas a arte é encantadora e fiquei chorando por vários minutos depois que acabei de ler. Os personagens representam generosidade, esperança e bondade - tudo o que o mundo precisa atualmente. Por ser uma história muda, pessoas de qualquer lugar do mundo pode ler. 
Como eu contribui no Catarse, recebi autografado por Gustavo e Cris junto com um jacket e outros freebies fofíssimos. Mas a HQ já está a venda online e em bancas em todo o Brasil! O preço é fixo de R$20. Eu recomendo para quem gosta de obras sensíveis. 
Pétalas (Petals) is an indie comic book which started at Catarse (a Brazilian crowdfunding website). Gustavo Borges did the art and plot and the super pretty and super talented Cris Peter did the colors. The duo needed R$5.000 to publish the comic book and up to R$50.000 (!!!) was raised. 
The story is an one-shot and it's mute, but it has a lot to say. A little (and extremly cute) fox has its father sick during a tough winter, until it meets a bird that will change their lives. It's very simple, but the art is stunning and I cried for minutes after I finished reading. The characters represent generosity, hope and kindness - everything the world needs currently. As it is a mute story, people from all around the world can read it. 
As I contributed at Catarse, I received it signed by Gustavo and Cris with a jacket and other cute freebies. I recommend it to everyone who loves sensible stories. 

Com o jacket /
With the jacket in 

Freebies: cartões, ímã e "Patas Sujas" da Cris Peter, que ainda não li /
Freebies: cards, magnet and Cris Peter's "Patas Sujas", which I haven't read yet

Da galeria de artistas convidados /
From the guest artists gallery

As assinaturas e um sketch do Gustavo /
The signatures and a sketch by Gustavo

ONDE COMPRAR:


Isso é tudo pessoal! Vejo vocês na semana que vem! 
That's all folks! See you next week!


Friday, November 20, 2015

Bizarre Magazine

AVISO: Esse post possui conteúdo relativamente erótico. Algumas pessoas podem ser sensíveis à certas imagens. TW: Bondage, violência gráfica.
WARNING: This post has soft-erotic content. Some people might be sensible to certain pictures. TW: Bondage, graphic violence. 



A revista Bizarre, lançada em 1946 pelo fotógrafo e desenhista John Willie, foi uma das mais famosas revistas fetichistas da década de 50. Era publicada em intervalos irregulares e encerrou em 1959. O conteúdo consistia em fotos (tendo a esposa de Willie como uma das principais modelos), histórias fictícias ao estilo pulp fiction, cartas de leitores e designs de vestuário fetichista, alguns baseadas nas cartas. As cartas dos leitores falavam sobre salto alto, bondage, corsets, sadomasoquismo, crossdressing, modificações corporais, entre outros. A Bizarre se tornou conhecida pelo conteúdo crossdresser e por não retratar mulheres sendo apenas submissas.
The Bizarre magazine, first published in 1946 by the photographer and cartoonist John Willie, was one of the most famous fetish magazines in the 1950's. It was published at irregular intervals and was ceased in 1959. The content included photographs (having Willie's wife as one of the main models), stories in the pulp fiction style, letters from the readers and fetish-wear designs, some based upon the letters. The letters covered interests such as high heels, bondage, corsets, sadomasochism, crossdressing, body modification, etc. Bizarre was known for its crossdressing content and by not portraying women exclusively as submissives. 


Willie era cuidadoso ao retratar crossdressing e separava a mudança de gênero da homossexualidade. Embora a maioria das figuras da revista fossem mulheres, a Bizarre não tinha os homens como público-alvo, mas também mulheres, não-binários ou "qualquer coisa no meio disso". A revista também nunca mostrava uma mulher sendo amarrava por um homem - era sempre uma outra mulher, o que poderia sugerir que as personagens femininas eram lésbicas. Willie era bastante atencioso aos leitores e procurava satisfazer a todos.
Willie was careful when portraying crossdressing and didn't link gender-bending to homossexuality. Though most figures on the magazine were female, Bizarre didn't have men as its audience, but also women, non-binary or "any in-between". The magazine also never portrayed a woman being tied up by a man - it was always another woman, which suggested lesbian play between the female characters. Willie was very attentive to the readers and looked to satisfy all of them. 





A revista também mostrava uma grande variedade de roupas e saltos de vestuário fetichista. Em 1953, Willie explicou a matemática do salto alto.
The magazine also had a big variety of fetish clothing and heels. In 1953, Willie explained the mathematics of the high heels.



Como era de se esperar, Bettie Page foi fotografada por Willie para a Bizarre e foi a garota da capa da edição 14.
Not a surprise: Bettie Page was photographed by Willie for Bizarre and was the covergirl of issue 14.



A revista terminou sua publicação em 1959 após ser acusada de conteúdo pornográfico, ainda que não houvesse ao menos nudez. Porém, nos anos 70, Eric Stanton reviveu o título, dessa vez como um gibi. As personagens, enredos e arte eram baseadas nas ilustrações de Willie.
The magazine ended its publishing in 1959 after being accused of pornographic content though it didn't show nudity. Then in the 70's, Eric Stanton revived the title, but this time as a comic book. The characters, plots and art were based upon Willie's illustrations.



GALERIA DE FOTOS / 
PHOTO GALLERY:





Isso é tudo pessoal! Espero que tenham gostado do post! Deixe um comentário contando o que achou! Beijos!
That's all folks! I hope you liked this post! Leave a comment telling me what do you think! Kisses!

Friday, November 13, 2015

A arte de usar dois estilos diferentes / The art of wearing two different styles

Art by Violeta Venganza

Por que as pessoas acham que devemos usar um só estilo de moda? Usar apenas uma paleta de cores? Apenas um estilo de maquiagem? Eu estou cansada de ver blogs vintage dizendo que devemos ser totalmente fieis ao estilo. Eu não concordo com isso; primeiro porque é normal um ser humano ter múltiplos gostos, e segundo porque ninguém é obrigado. 
Why do people think that we can wear only one fashion style? Wear only one color palette? Only one makeup style? I'm tired of seeing vintage blogs saying that we have to be totally loyal to this fashion. I don't think so; not just because it's normal to humans to have multiple interests, but because we don't have to. 

Uma foto publicada por kota wade (@kotawade) em

"Arrumar a mala para uma viagem realmente coloca meu senso de moda bipolar à mostra. Metade Beetlejuice, metade boneca Barbie". Foto de Kota Wade.

As pessoas precisam saber que mudar de estilo e ter dois ou mais está okay. Eu tinha 11 anos quando comecei a me interessar por moda alternativa. Inicialmente, quis usar sweet lolita, mas nunca deu certo porque  moda lolita está fora do meu orçamento. Depois, tentei ser gyaru tipo popteen, inclusive tive um blog sobre isso, o velado Gyaru Start!. Não deu certo de novo porque eu não me encaixei no conceito de ser gyaru, além de que eu era muito nova (eu tinha... 13? 14 anos?), mas desde sempre eu soube que queria ser pin up um dia - eu só precisava me sentir pronta e "grandinha" o suficiente. 
Depois de desistir de gyaru, tentei parti pro fairy-kei, logo para o aomoji-kei e caminhei pelo nymphet fashion (estilo que surgiu no Tumblr). Hoje estou certa dos meus estilos. Eu quero usar vintage e kawaii (aomoji-kei e até mesmo criar minha própria moda kawaii), e espero ter roupas o suficiente para usar larme-kei um dia também (depois farei um post sobre esse estilo, mas é uma ótima fusão entre vintage e kawaii). 
People need to know what changing your style and having two or more is okay. I was 11 when I got interested in alternative fashion. First I wanted to wear sweet lolita, but it was out of my budget. Then, I attempted to become a popteen-like gyaru, and I even opened a blog about it, the "deceased" Gyaru Start!. It didn't work because I didn't fit in the concept of being a gyaru and I was too young (I was... 13? 14?), but I always knew that I wanted to be a pin up one day - I just needed to feel ready and "grown up" enough. 
After giving up on gyaru, I attempted on fairy-kei, then aomoji-kei and I tried something on nymphet fashion (Tumblr-based style). Today I'm sure of which styles I want to wear. I want to wear vintage and kawaii (aomoji-kei and even my own kawaii fashion), and I hope to own enough clothes one day to wear larme-kei (I'll be doing a post about this style, but it's a great fusion between vintage and kawaii).


Vestir dois estilos diferentes é uma arte. É saber se balancear, dominar perfeitamente duas coisas distintas e também descobrir como misturar ambos. Então não esconda o "lado B do seu vinil". Assuma-o. Tenha orgulho de gostar de coisas fofas e macabras ao mesmo tempo, de coisas hippies e modernas, ou qualquer que seja o seu contraste, e o mais importante: não tenha medo de testar coisas novas. Ás vezes pode acontecer de você enjoar do estilo que você está usando agora e mudar para outro que lhe faça sentir mais confortável, como aconteceu com uma famosa do Tumblr e anteriormente do MySpace (cujos nomes já foi Lexi Lush, Lexi Bee e Lexi Doll e hoje é Cupcake. Começou como scene queen, depois foi por muito tempo considerada a "rainha do cor-de-rosa", até que ela mudou seu estilo completamente e hoje é muito mais sombria). Esse tipo de coisa é normal e aceitável.
Wearing two different styles is an art. It's knowing how to balance yourself, master two different things perfectly and also discovering how to make a mixture of both. So don't hide the "B-side of your vinyl". Show it off. Be proud of enjoying both cute and spooky stuff, or hippie and modern, or whatever is your contrast, and the most important: don't be afraid to try new stuff. It's possible sometimes to feel tired of your current style and try to change to one that makes you feel more comfortable. It happened to a famous Tumblr blogger and MySpace user previously (who have been Lexi Lush, Lexi Bee and Lexi Doll and is Cupcake now. She started as a scene queen, then she became known as the "pink queen" for a very long time and she had changed her style completely and today she's spookier and darkier). This is absolutely normal and acceptable.


Inclusive, é tão comum gostar de temáticas distintas, que muita gente adere à estilos mistos! O melhor exemplo disso é o pastel goth (acima). E agora, uma lista de lembretes para quem é como eu:
By the way, it's so common to have opposite interests that many people sticks to mixed styles! The best example of it is the pastel goth (above). And now, a list of reminders for these who are like me:

. Você é único!
. You are unique!
. Se respeite quando se sentir sem vontade de usar um dos seus estilos;
. Respect yourself when you don't feel like you want to wear one of your styles;
. Se respeite quando você sentir que quer mudar todo o seu guarda-roupa;
. Respect yourself when you feel that you want to change all your closet;
. Se dê a liberdade para misturar seus estilos;
. Allow yourself to mixture your styles;
. Tenha auto-confiança!
. Be confident!

Isso é tudo pessoal! Você também tem um lado B? Conta pra mim! Beijos!
That's all folks! Do you also have a B-side? Tell me! Kisses!



Saturday, November 7, 2015

All I want for Christmas is...


Olá little swans! A minha época favorita do ano está chegando! E com isso, decidi deixar aqui uma listinha de presentes que gostaria de ganhar nesse natal. Pra mim é um pouco difícil de organizar essa lista porque... Eu quero muitas coisas! Então eu tenho que fazer duas listas: a lista que cabe no bolso e a dos "sonhos"... Mas vamos lá! Espero que o Papai Noel tenha me achado uma boa menina esse ano hehe! 
OBS.: Preços consultados em outubro!
Hello little swans! My favorite holiday is coming! And I decided to post here my Christmas wishlist. It's a little hard to me to write this wishlist because... I want so many things! So I have to do two lists: the affordable one and the "dream" one... But let's go! I hope Santa noticed that I've been a good girl! Note: the items will be all in Portuguese and Brazilian currency

Livro "Fangirl", de Rainbow Rowell
R$24,90 (Saraiva)

"Honeymoon", Lana Del Rey
R$20,90 (Saraiva)



Esmaltes Greta e Rita, da Granado
R$21 (Site oficial da Granado)


Duquesa Swan, de Ever After High
R$143,91 (Lojas Americanas)

Glamour da O Boticário
R$72,80 (Site oficial da O Boticário)

Livro "O Pequeno Dicionário de Moda", de Christian Dior
R$25,00 (Livraria Cultura)

Livro "100 Anos de Moda", de Cally Blackman
R$48,83 (Amazon.com.br)

Talco Superfino da Granado
R$56,50 (Site oficial da Granado)

Livro "The Burlesque Handbook", de Jo Weldon
R$68,65 (Amazon.com.br - Sob encomenda, importado)

Livro "Gil Elvgren: All His Glamourous Pin-ups"
R$61,50 (Saraiva - Importado)

Trilha sonora de "O Grande Gatsby"
R$22,40 (Saraiva)

Sapatos vintage da Mademoiselle Lilly
R$69,90 (Compra via Facebook)

Camiseta Harley Quinn - "You're the problem", DC Comics Official
R$59,90 (Loja oficial da DC Comics)

Livro"Icons - Pin-ups"
R$31,00 (Saraiva - Sob encomenda)


Isso é tudo pessoal! Eu realmente espero que o Papai Noel tenha percebido o quanto eu sofri em 2015 e me dê pelo menos uns três itens dessa lista HAHAHA! Mas eu quero saber o que tem na listinha de vocês! Deixe um comentário! Beijos!
That's all folks! I really hope that Santa noticed how hard I've worked in 2015 and gift me with at least three itens of this list HAHAHA! But I want to know what's on your wishlist! Leave a comment! Kisses!