Wednesday, December 14, 2016

Promessas para 2017 / Resolutions for 2017


Olá little swans, desculpem não ter postado recentemente! Eu ando muito ocupada com os ensaios do ballet, estamos nas vésperas de espetáculo e tenho ensaiado todos os dias. O post de hoje é sobre minhas promessas para 2017. Eu sei que você deve estar pensando "mas ninguém cumpre as promessas de ano novo!" - eu sei que muita gente faz promessas só por tradição, mas eu realmente irei procurar cumpri-las.
Hey little swans, sorry for not posting recently! I've been very busy with my ballet rehearsals, we're in the eve of our show and I'm rehearsing everyday. This post is about my resolutions for 2017. You might be thinking "but no one achieves new year resolutions!" - I know that many people list resolutions because of the party, but I'll manage to acheive them. 

Promessas para o blog / Resolutions for the blog:

♥ Um layout novo! Convenhamos, esse aqui já está bem velhinho;
♥ Voltar com as HQs do mês - não teve nenhum post do tipo em 2016!
♥ Mais resenhas de livros, filmes e HQs;
♥ A new layout! Let's be honest, this one is old already;
♥ Post about comics again - Didn't post anything like that this year! 
♥ More book, movie and comic reviews;
♥ Fun facts, just like that post about the Universal monsters.


Promessas para mim mesma / Resolutions for myself:

Praticar penteados vintage com mais frequência; 
♥ Ser menos preguiçosa para ler e não levar mais de um mês para terminar apenas um único livro;
♥ Focar nos estudos. Bastante!
♥ Economizar mais e ser "menos Becky Bloom";
♥ Ser menos preguiçosa para assistir filmes que estou para ver há anos também;
♥ Escrever mais no meu diário;
♥ Voltar a coreografar minhas performances burlescas e economizar dinheiro para fazer os figurinos. E voltar a estudar burlesque também; 
♥ Voltar a estudar japonês, nem que seja só no fim de semana. 
♥ Practice vintage hairstyles more often;
♥ Not being so lazy and stop taking so many months to finish a book;
♥ Study a lot! 
♥ Save money and be less of a "Becky Bloom";
♥ Stop being so lazy to watch movies I got a long time ago;
♥ Write on my diary more often;
♥ Focus on my burlesque choreographies again and save money to make costumes. And return to my burlesque studies too;
♥ Return to my Japanese studies as well.


Isso é tudo, pessoal (pelo menos por hoje)! No dia 19 (segunda) irei postar sobre o espetáculo. No dia 20 viajarei para a cidade do meu namorado e ficarei lá até janeiro, então ao final de dezembro e início de janeiro os posts serão diários de viagem e, quando eu retornar, irei contar sobre o que comprei na viagem. 
E vocês? Também fizeram promessas para 2017? 
That's all folks (at least for now)! I'll post about my ballet show at monday. I'll be traveling on tuesday to my boyfriend's and I'll be there until January, so by the end of December and first weeks of January I'll post travel diaries and, when I fly back home, talk about everything I got there. 
But what about you? What are your resolutions for 2017?

Saturday, November 19, 2016

Raven Hair Diaries #1: Tonalizando pela primeira vez / Coloring for the first time


Eu percebi que nunca havia falado de cabelo aqui no Boudoir. O que é bem engraçado porque falo de maquiagem, produtos para pele, mas nunca havia tocado no assunto de cabelo. Como eu estou começando a me importar mais com minhas madeixas, pensei que seria legal ter um cantinho no blog só pra falar disso, e como sou legalmente morena, pensei em apelidá-lo de "Raven Hair Diaries". Agora vou deixar vocês saberem quais produtos capilares venho usando, dicas de penteados vintage e também vou providenciar resenhas, okay? Podem reclamar nos comentários se eu quebrar a promessa, haha!
Achei que esse seria o momento perfeito para começar a falar de cabelo, já que o tonalizei pela primeira vez. Meu cabelo até então era virgem, ou como Regina George diria, "meio-virgem"; no final de 2014, havia tingido metade dele para fazer um ombré vermelho inspirado na Harley Quinn no DLC "Harley Quinn's Revenge", do jogo Batman: Arkham City. Na época, eu era louca pra ter cabelo colorido e deixar de ser morena, odiava cortar, e esse ombré foi o máximo que minha mãe autorizou. Em agosto de 2015, se não me engano, eu enjoei e cortei não só pra remover o ombré, como pra facilitar fazer penteados vintage (se Veronica Lake não é sua inspiração e seu cabelo for pesado e grosso como o meu, é difícil manter erguido até um victory roll pequeno). E, por algum motivo, eu desapeguei totalmente do sonho de ter cabelo fantasia. Não sei explicar o que aconteceu, se Bettie, Dita e Audrey me visitaram em um sonho e me mandaram "manter a morenice" ou se foi porque fiz amizade com gente que se mata pra ter um cabelo preto. Tudo bem, eu realmente descobri ótimas role models morenas (além das três que mencionei, Krysten Ritter, Jane Russell, Elizabeth Taylor, Veronica de "Archie", Hedy Lamarr e Ava Gardner são inegavelmente espetaculosas. A Krysten em "Don't Trust the Bitch in Apartment 23" me divertiu tanto que ela foi possivelmente a responsável pelo meu desapego), mas eu havia jurado a mim mesma que iria pintar de todas as cores possíveis. Ainda quero saber como eu seria loira, mas só daqui a muitos anos - muitos mesmo.
I've realized that I've never talked about hair in the Boudoir before. Which is funny because I talk about makeup, skin care, but I have never mentioned hair. Since I've started to take some extra care with my locks, I thought that it would be a nice idea to have a little corner in the blog to talk exclusively about it and since I'm legally brunette I decided to name it "Raven Hair Diaries". Now I'll let you know which hair products I've been using, vintage hairstyle tips and I'll also post a few reviews. You can complain in the comments if I break my promise, haha!
I thought that it would be nice to start talking about hair, I've colored it for the first time. My hair was virgin then, or as Regina George would say, "half virgin"; In the end of 2014, I had colored half of it to do an ombré inspired by Harley Quinn in the "Harley Quinn's Revenge" DLC for Arkham City. Back in that time, I was DYING to color my hair in fantasy shades and no longer be a brunette, I used to hate to cut it, and that ombré was the only thing my mom authorized. In August 2015, if I remember it right, I got bored of it and I cut not only to remove the ombré but make it easier for vintage hairstyles (if Veronica Lake is not your hair inspo and your hair is heavy and thick as mine, it's pretty hard to keep up a victory roll). And, for some reason, I wasn't interested in fantasy hair colours anymore.  I don't know what happened, if Bettie, Dita and Audrey met me in a dream and told me to "keep it brunette" or if it's because I became friends with people who struggle so hard to keep their hair black. Fine, I really had discovered great black-haired role models (besides the three names I mentioned, Krysten Ritter, Jane Russell, Elizabeth Taylor, Veronica from "Archie", Hedy Lamarr and Ava Garner are undeniably wonderful. Krysten in "Don't Trust the Bitch in Apartment 23" made me laugh so much that she's probably responsible for my decision), but I had promised myself that I'd dye my hair in as many colors as possible. I still want to know how I'd look as a blonde, but it's only happening in a lot of years - really, a lot. 


ENFIM, chega de falar do passado e vamos contar as novidades; eu quis tonalizar para deixar meu cabelo ainda mais escuro e dar um trato nos fios queimados. Quem tem cabelo preto natural sabe que o maior ponto negativo dele é o quanto é sensível ao sol. Escolhi o tonalizante da linha Natucor da Embelleze, que tem vários componentes naturais na fórmula, é bem baratinho e não testa em animais, na cor 1.7 - Jameão Preto Azulado, a mais escura da marca, e como tenho muuuuito cabelo, comprei duas unidades (como a própria marca recomenda). Aproveitei pra fazer um banho de brilho junto, que é um procedimento bem fácil e excelente pra cabelo preto e após o uso de química.
Pra quem não conhece o banho de brilho, existem vários tipos, mas aqui vai a "receita" da que eu fiz: misture duas colheres de creme hidratante de cor branca da sua escolha ao tonalizante (sim, tem que ser o tonalizante porque ele não tem amônia). Você também pode adicionar algumas gotinhas de ampola de vitamina, coisa que não fiz, mas fica a dica; com o cabelo úmido, aplique a tintura normalmente, deixe agir pelo tempo recomendado do seu tonalizante e enxague, finalizando com uma máscara também de sua preferência.
ANYWAYS, moving foward; I wanted to dye it to darken my natural color and get rid of sunburnt hair. Natural brunettes know that its biggest con is how sensible to sunrays it is. I chose an ammonia-free dye from Natucor, a line that belongs to a Brazilian brand called Embelleze - the price is great and they don't test on animals. I picked their darkest shade, which is a blue black, and I bought two because I have a loooot of hair. I decided to do a homemade gloss treatment with it, it's very easy and really good for black hair and after using chemicals. 
There are many ways to get a gloss treatment, but here's the "recipe" of how I made it: mix two spoons of a white/clear hair moisturizing cream of your choice to the ammonia-free dye (yes, it has to be an ammonia-free dye). You can also add a few drops of vitamin ampoule, I didn't, but that's a nice tip; with your hair wet, apply the dye, leave it for the time recommended by the brand you chose and wash, finishing with a hair mask of your choice. 


Produtos que usei (além do tonalizante) /
Products I've used (besides the ammonia-free dye):

♥ Shampoo Óleo Hidratação da Seda: Eu sei, eu sei - Seda pertence a Unilever, logo, tem testes em animais. Mas no momento é o que estou usando porque meu cabelo vem reagindo muitíssimo bem aos produtos da Seda e ainda não encontrei um shampoo que possa substituir. Assim que eu descobrir um shampoo cruelty-free que esteja à altura ou melhor, Seda vai pra minha lista negra. Por enquanto, continuarei usando os produtos, até porque é a única marca que conheço com shampoos para cabelos pretos.
♥ Creme de tratamento Recarga Natural Força Antiquebra da Seda: Olha, não vou dizer que resolve 100% meu problema com quebra porque não resolve, mas notei uma diferença considerável desde que comecei a usar. Misturado ao tonalizante, tirou aquele cheiro de tinta. 
♥ Máscara de hidratação de óleo de coco da Fiovit: Usei o sachê de uso único e gostei MUITO, ele tem aquela "oleosidade" comum do óleo de coco junto à consistência de uma máscara. Porém, eu contatei a marca para perguntar a respeito de testes em animais (não achei nenhuma informação pela internet) e a resposta foi um tanto bizarra. Eu não sei se devo colocar a Fiovit na minha lista negra ou não:
♥ Óleo Hidratação shampoo by Seda (Sunsilk/Sedal/Elidor): I know, I know - Sunsilk belongs to Unilever, which means animal testing. But I'm using their products at the moments because they're doing wonders to my hair and I didn't find a cruelty-free shampoo on the same level or better, not yet. I'll black-list it when I find. Meanwhile, I will be using their products, plus it's the only brand I know with a line for black hair. 
Recarga Natural Força Antiquebra moisturizing cream by Seda: Like, I'm not gonna say that it solves my problem with broken hair completely because it doesn't, but I noticed a huge difference since I've started using it. It removed the stinky scent of hair dye when mixed to the ammonia-free dye. 
♥ Coconut oil mask by Fiovit: I used a single-use sachet and I liked it A LOT, it has that common oily texture of coconut oil with the consistency of a mask as well. But I've contacted the brand to ask about animal testing (couldn't find any information in the web) and their answer was kinda weird. Not sure if I should black-list Fiovit or not:

"Our products are developed and tested for human use, we don't do animal testing, I can't tell you if it's safe."

Resultado final / Final results:


Eu não sei se fica muito perceptivo na foto, mas nossa, dá uma diferença grande sim! O banho de brilho deixou meu cabelo maravilhoso, super lustroso, sedoso, macio e até mais leve. O resultado da cor, bem escuro com um fundo levemente azulado, me fez até pensar nas moças das artes do John Willie ♡ Estou bem feliz e vou continuar tonalizando e fazendo o banho, todos os meses, descobrindo o poder das madeixas negras!
Not sure if you can spot any difference in the picture, but it is really different now! The gloss treatment made my hair wonderful, so shiny, silky, smooth and even lighter. The result of the coloring was very dark with a slightly blue background, made me think of the ladies from John Willie's illustrations  I'm very happy with it and I'll keep coloring it and getting the treatment, every month, and discovering the power of raven locks! 

Isso é tudo pessoal! Espero que tenham gostado, principalmente as morenas! Beijos!
That's all folks! Hope you guys liked it, specially the brunettes! Kisses!

Tuesday, November 8, 2016

Christmas Wishlist - 2016


Não deve ser mais novidade que o natal é minha época favorita do ano, juntamente com o Halloween e meu aniversário. Ano passado fiz minha listinha aqui no blog, e agora estou fazendo outro para o de agora! Repetirei alguns itens da lista anterior que ainda quero muito. 
OBS.: Preços consultados no dia 8 de novembro de 2016
I think everyone already knows that Christmas is my favorite time of the year (and Halloween and my birthday as well). Last year I made my wishlist, and here we go again! I'm repeating a few items from my last year's list since I still want them so very much.
PS: All items are in Brazilian currency

♥ PERFUMES ♥



1. Avon - Femme, R$69,99 na Avon Store
2. O Boticário - Cecita, R$74,90 na O Boticário
3. Agatha Ruiz de la Prada - Florever Sexy, R$47,91 na Ricardo Eletro
4. Magohany - English Rose. R$85,00 o Eau de Toilette e R$39,00 o body splash na Mahogany
5. Lady Gaga - Eau de Gaga, R$67,40 na Época Cosméticos
6. Giovanna Baby - Peach, R$21,43 na Drogaria Onofre
7. O Boticário - Glamour, R$109,90 na O Boticário
8. Giorgio - Beverly Hills, R$78,99 na Beleza na Web



1. Fiorucci - Passione, R$36,90 na Época Cosméticos
2. Phebo - Água de Rosas, R$66,99 na Beleza na Web
3. Jeanne Arthes - Amore Mio Dolce, R$72,10 na Época Cosméticos
4. Jeanne Arthes - Arome by Arthes, R$39,90 na Dafti
5. Jeanne Arthes - Rose de Grasse, R$51,92 na Época Cosméticos

♥ LIVROS / BOOKS ♥


1. Lucy Holliday - "Uma noite com Marilyn Monroe", R$25,50 na Amazon
2. Cally Blackman - "100 anos de moda", R$55,10 na Livraria da Folha
3. Christian Dior - "O pequeno dicionário de moda", R$23,45 na Livraria Cultura
4. Rainbow Rowell - "Fangirl, R$23,47 na Amazon
5. Karen Karbo - "O evangelho de Coco Chanel", R$23,60 na Livraria da Folha

♥ OUTROS / MISC. ♥


1. Talco Super Fino da Granado, R$62,00 na Granado
2. CD Marina and the Diamonds - "The Family Jewels", R$27,90 na Livraria da Folha
3. Boneca Barbie Mermaid Candy, R$64,99 na Lojas Americanas
4. Agenda Capricho por Tilibra "Queen Me", R$22,85 na Ohe
5. Caneca-pote Barbie Doll, R$37,70 na Azzurium
6. Copo com canudo retrátil Barbie 1959, R$37,50 na Canecas PontoCom
7. Pó iluminador "Sealed With a Kiss" da Markwins, R$30,99 no Mercado Livre

Isso é tudo pessoal! O que vocês estão querendo ganhar no natal esse ano? Conta pra mim! XOXO
That's all folks! What's on your wishlist this year? Tell me more! XOXO

Monday, October 31, 2016

20 curiosidades sobre os Monstros da Universal / 20 fun facts about the Universal Monsters


Feliz  Halloween, little swans! Uma das melhores datas do ano finalmente chegou, e preparei 20 curiosidades arrepiantes sobre os clássicos monstros da Universal Studios! Gostaria de dedicar esse post especialmente à minha amiga Dracurella, que também é super fã dos monstrinhos!
Happy Halloween, little swans! One of the best holidays is finally here, so I've prepared 20 spooky fun facts about the classic monsters of Universal Studios! I'd like to dedicate this post specially to my friend Dracurella, who's a big fan of the monsters!

1. A equipe de maquiagem levava longas horas para fazer os visuais. Transformar Boris Karloff em múmia levava oito horas e duas para remover. A de monstro de Frankenstein era menos difícil de se fazer, levando quatro horas, mas a roupa pesava 23kg! A de Lobisomem levava seis para fazer e três para remover;
2. Bela Lugosi foi originalmente escalado para interpretar monstro de Frankenstein, porém recusou por não ter falas. Mas em 1943, vinte anos depois, Lugosi interpretou o monstro em Frankenstein Meets The Wolfman;
3. Em contrapartida, Boris Karloff não gostou da ideia do monstro ter falas em A Noiva de Frankenstein, afirmando que isso destruiria o charme do personagem;
4. Ricou Browning precisava segurar a respiração por mais de quatro minutos para filmar as cenas aquáticas de O Monstro da Lagoa Negra;
5. O Drácula só foi visto se transformar em morcego em O Filho do Drácula, filme que foi lançado treze anos depois do original;
1. The makeup team took long hours to finish the looks. Transforming Boris Karloff into the mummy took eight hours and two to remove it. The makeup of the Frankenstei monster was less difficult, taking four hours, but the entire costume weighed 50 pounds! The Wolfman look took six hours and three to take it off;
2. Bela Lugosi was the original cast for the Frankenstein monster, but refused as it had no lines. But in 1943, twenty years later, Lugosi portrayed the monster in Frankenstein Meet The Wolfman;
3. Curiously, Boris Karloff didn't like that the monster had lines in Bride of the Frankenstein, arguing that it would ruin the charm of the character;
4. Ricou Browning had to hold his breath for up than four minutes to film the underwater scenes of The Creature from the Black Lagoon; 
5. Dracula was only seen transforming into a bat in Son of Dracula, released thirteen years after the original movie;



6. O poster de A Múmia tem o recorde de maior lance dado a um pôster de filme em um leilão: $453.500 dólares, o que na cotação atual dá aproximadamente R$1.360.500. Tenebroso! 
7. Quatro atores interpretam o monstro de Frankenstein em A Casa do Drácula. O primeiro que aparece é interpretado por Glenn Strange, o segundo por Lon Chaney Jr., Boris Karloff em seguida e o último pelo dublê de Lon Chaney Jr., Eddie Parker; 
8. Ricou Browning mal conseguia enxergar com a roupa de monstro da lagoa negra e ele passava quatorze horas com ela, sem poder sentar. Segundo o ator, "era como enxergar pelo buraco de uma fechadura com a visão turva";
9. As falas de Lugosi em Frankenstein Meets The Wolfman foram retiradas de última hora, tanto que é possível ver que a boca do ator se move sem emitir nenhum som em algumas cenas. Isso porque acharam hilário o sotaque húngaro de Lugosi. Muitos telespectadores ficaram confusos com a ausência das falas;
10. Essa é minha curiosidade favorita: O comportamento da noiva do monstro de Frankenstein foi inspirado no de um cisne. Elsa Lanchester observava os cisnes do Regent's Park em Londres e se inspirou neles para interpretar a noiva. Isso é perceptível pelos movimentos que ela faz com o pescoço e cabeça. Lanchester afirmou que "cisnes são criaturas muito desagradáveis";
6. The poster for The Mummy holds the record for most money paid for a movie poster at auction: $433,500. All that money gives me chills!
7. Four actors play the Frankenstein monster in House of the Dracula. The first to make an appearance was portrayed by Glenn Strang, the second one by Lon Chaney Jr., followed by Boris Karloff then Lon Chaney Jr.'s double, Eddie Parker;
8. Ricou Browning could barely see in his costume of creature of the black lagoon and had to wear it for fourteen hours, and wasn't allowed to sit down. According to him, "it's kind of like looking through a keyhole with blurred vision";
9. Lugosi's lines in Frankenstein Meets The Wolfman were removed at the last minute and there are scenes where you can spot the actor's mouth moving with no words coming out. It happened because the production and audience at the screen test thought that Lugosi's Hungarian accent was hilarious. Many viewers were confused;
10. This is my favorite fun fact: The behavior of the bride of the Frankenstein was inspired by how swans behave. Elsa Lanchester used to watch the swans from the Regent's Park in London and was inspired by them to portray the bride. You can see it by the moves she does with her neck and head. Lanchester claimed that "swans are very nasty creatures";


11. Uma versão espanhola de Drácula foi filmada nos mesmos sets que o original, porém com atores espanhóis e com um final mais longo com trinta minutos a mais de diferença. O original é considerado superior, mas a versão espanhola foi aclamada e elogiada por ter usado ângulos e técnicas de filmagem diferentes;
12. Bela Lugosi interpretou Ygor, o assistente corcunda do Dr. Frankenstein em O Filho de Frankenstein e O Fantasma de Frankenstein;
13. As icônicas presas de vampiro nunca foram usadas nos filmes da Universal. O visual foi popularizado por Christopher Lee, na adaptação de 1958 pela Bray Studios;
14. Em versões recentes de Frankenstein para DVD, uma fala que havia sido censurada foi colocada de volta: "Em nome de Deus, agora eu sei o que é ser Deus!". Essa fala estava presente na premiere de 1931 mas quando o filme foi relançado ao final da década, acharam que seria melhor censurar e substituíram por um efeito sonoro de trovão;
15. Sabe aquela história de que o homem se transforma em lobo na lua cheia? Não foi introduzida até a continuação de Lobisomem. No primeiro filme, ele se transformava em uma noite de outono;
11. A Spanish version of Dracula was filmed at the same sets with Spanish-speaking actors and with a final running time thirty minutes longer than the Enligsh-speaking counterpart. The original movie is considered superior, but the Spanish version was well-received and praised for using different angles and filming techniques;
12. Bela Lugosi played Ygor, Dr. Frankenstein's hunchback assistant, in Son of Frankenstein and The Ghost of Frankenstein;
13. The iconic vampire fangs were never worn in the Universal movies. The look was popularized by Christopher Lee in the 1958 movie by  Bray Studios;
14. In recent Frankenstein DVDs, a line that previously censored was restored: "In the name of God, now I know what it feels like to be God!”. This line was present during the 1931 premiere but when it was released in the late 30's, it was decided that it had to be removed and was replaced by thunder sounds;
15. The full moon aspect of the Wolfman wasn't introduced until its sequel. On the first movie, he'd transform in an atumn night;


16. Boris Karloff era a escolha original para interpretar o Homem Invisível, mas o diretor James Whale acidentalmente ouviu Claude Rains em uma audição para um outro filme. Whales adorou a voz do ator e o escalou;
17. Toda a franquia de A Múmia se passa no futuro. O filme original, de 1921, se passa em 1931. A Mão da Múmia, de 1930, em maio de 1940. A Tumba da Múmia, 1942, em 1970. O Fantasma da Múmia, 1944, em 1972, e por fim, A Maldição da Múmia, também de 44, em 1997;
18. Elsa Lanchester interpreta Mary Shelley no prólogo de A Noiva de Frankenstein;
19. E falando em Mary Shelley, não é revelado como Victor deu vida ao monstro na novela. O método com choque através raios é criação da Universal;
20. Ricou Browning acidentalmente bateu a cabeça de Julie Adams em rochas artificiais enquanto gravavam a cena da caverna de O Monstro da Lagoa Negra. Felizmente, a atriz não se feriu gravemente.
16. Boris Karloff was the original choice for the Invisible Man, but director James Whale accidentally heard Claude Rains during a screen test for a different movie. Whales loved his voice and cast him for the role;
17. The entire Mummy franchise takes place in the future. The original 1921 movie is set in 1931. The Hand of the Mummy, 1930, in may of 1940. The Mummy's Tomb. 1942, in 1970. The Mummy's Ghost, 1944, in 1972, and finally, The Mummy's Curse, premiered also in 1944, takes place in 1997;
18. Elsa Lancherster plays Mary Shelley in the prologue of The Bride of the Frankenstein;
19. And talking on Mary Shelley, it was not revealed how Victor gave life to the monster in the original novel. The method with lightning and shock was created by Universal;
20. Ricou Browning accidentally knocked Julie Adams' head against fake rocks while filming the cave scene of The Creature from the Black Lagoon. Fortunately, the actress didn't have any bad injuries.

Isso é tudo, pessoal! Espero que tenham gostado das curiosidades e que estejam aproveitando o Halloween! Me contem qual é o monstro favorito de vocês! Beijinhos assustadores :*
That's all folks! Hope you like the fun facts and that you're enjoying Halloween! Tell me which monster is your favorite! Spooky kisses :*


Source: Bloody Disgustin . Movie Pilot . 92.9 NIN

Tuesday, October 25, 2016

Review: Pink Pooch by W7


Bom dia, boa tarde e boa noite, little swans! Hoje o post é sobre um produto que eu estava louca para resenhar: o pó iluminador Pink Pooch da marca britânica W7. Para quem não conhece, a W7 é conhecida na Europa por fazer muitos dupes bons de produtos de marcas mais caras, além de ser cruelty-free e ter alguns produtos veganos. Tenho também a paleta de sombras "In The Nude" deles que é dupe vegan do Naked 3, mas não é sobre ela que iremos falar hoje.
O Pink Pooch é dupe da descontinuada linha Kitten da Benefit (mais especificamente o Kitten Goes To Paris). Ao invés do gatinho, a W7 escolheu um poodle rosa para ilustrar o produto. Como podem ver nas fotos, a embalagem é MUITO fofinha, toda em rosa choque, bem girly mesmo! Ele não é um talco, apenas um iluminador corporal que fica dentro do próprio puff, para liberá-lo é só dar batidinhas com o puff contra a pele.
Good morning, good afternoon, good evening, little swans! Today's post is about a lil' product I was super excited to review: Pink Pooch shimmering powder by British brand W7. If you're not familiar with this name, W7 is known around Europe for making very good cruelty-free dupes of high-end brands (some are even vegan). I also have their "In The Nude" palette which is a vegan dupe for Naked 3, but we're not talking about it today.
Pink Pooch is a dupe for Benefit's descontinued Kitten line (specially Kitten Goes To Paris). Instead of a cat, W7 chose a pink poodle to illustrate the product. As you can see in the pictures, the package is VERY cute, everything is pink, really really girly! It's not a dusting (talc) powder, it's only a shimmering body powder that comes inside the puff itself, to release it you need to dab the puff on skin.

Benefit's "Kitten"

COMPRA E ENVIO /
PURCHASE AND SHIPPING


Adquiri pelo eBay numa loja chamada Xtras, a mesma em que eu havia comprado a paleta. É uma loja britânica que envia tudo com frete grátis, para o mundo inteiro (eba!). Eles vendem quase todos os produtos da W7, muita coisa da Maybelline, Rimmel, Max Factor, Technic e outras marcas, além de acessórios de beleza e cabelo e para fantasias. Tudo por um preço muito bom, o Pink Pooch saiu por R$20! Eles enviam bem rápido, o problema foi só a demora dos Correios do Brasil para me entregar, levou três meses e duas semanas. O pacote veio muito bem embalado. Não tenho absolutamente nada para reclamar da loja.
I got it on an eBay shop called Xtras, it's the same one where I got my palette. It's a British shop with free shipping worldwide (yay!). They sell almost the entire range of products by W7 and a lot of stuff from Maybelline, Rimmel, Max Factor Technic and many other brands, besides beauty and hair accessories and costumes. The prices are great, Pink Pooch was only R$20 (less than US$10)! They ship very quickly, I only had issues with how long it took for the Brazilian Mail deliver it to me. It took three months and two weeks, but we're actually used to it (the Brazilian Mail is SO LAZY, you have no idea. I'm not blaming Xtras, it's not their fault). The product was very well packed. I have absolutely nothing to complain about the store. 

O PRODUTO / THE PRODUCT


Como eu já disse, o iluminador vem todo dentro do puff, então a caixinha é só para guardar ele. Fiquei surpresa ao ver que o puff é feito de veludo, mas um veludo mais "peludinho". É meu primeiro assim, além de ser o primeiro preto da minha coleção! O tamanho é médio. 
O iluminador é BEM mais brilhante do que o da Alma de Flores Queen. Duas batidinhas e já dá pra espalhar pó no colo inteiro e braços. Ele é dourado e prateado e tem partículas cor-de-rosa mais discretas. Não o aconselho para quem não gosta de iluminadores corporais chamativos, mas caso queira brilhar bastante em alguma festa ou palco, o Pink Pooch é o que há! Eu não me importo, minha alma de quem nasceu nos anos 90 me diz que não há limites quando o assunto é glitter no corpo. A fixação na pele também é muito boa, mesmo após o banho ainda tinha brilho. Me surpreendeu, esperava que fosse bem menos chamativo.
Tem um cheirinho que, por algum motivo, me fez pensar em floral branco, mas ele não projeta nem fixa, dá pra usar com perfume tranquilamente.
Não tenho nenhum ponto negativo sobre esse produto.
As I've said, the powder comes inside the puff, so the box is meant to keep it inside. I was surprised when I realized that the puff it made of velvet, but a "fluffier" kind of velvet. It's my first velvet powder puff, and the first time I add a black one to my collection too! It's medium-sized.
The powder is SO SPARKLY compared to my shimmering dusting powders. Two dabs and I can spread it all over my chest and arms. It's gold and silver and has some extra and discreet pink glitter. I don't recommend it if you're not into fancy body shimmers, but in case you want to look super shiny for some party or stage, Pink Pooch is the sh*t! I don't care, my 90's kid soul tells me there's no limit when it's about body glitter. The adhesiveness is very good too, there was still sparkle on me even after shower. It surprised me, I expected less.
It has a scent that, for some reason, made me think of white floral, but it doesn't fix on skin so you can wear it with perfume with no concerns. 
I have no complains about this product.

NOTA FINAL / OVERALL RATING:

5/5!

Isso é tudo, pessoal! Uma resenha bem rapidinha, mas eu estava realmente louca pra mostrar pra vocês! Beijinhos e semana que vem tem especial de Halloween! Aguardem ;)
That's all folks! It was a very quick review, but I was really excited to show you guys! XOXO, stay tuned for a special Halloween post next weeek! 

Tuesday, October 18, 2016

Como organizar sua penteadeira / How to organize your vanity


Olá little swans, tudo bem com vocês? Primeiramente, peço desculpas por ter ficado tão ausente. Tive problemas com meu computador recentemente.
No post contanto como fiz uma penteadeira DIY eu prometi um outro com dicas de como arrumar, então... Aqui está! Enquanto eu fazia a minha penteadeira, tentei procurar por dicas e não encontrei muito, então o que eu fiz foi me inspirar em imagens do Pinterest e Tumblr. Por isso, estou fazendo esse post para quem teve a mesma dificuldade. Você precisa ter duas coisas em mente quando for montar sua penteadeira: que visual quer dar à ela e que precisa dividir os objetos para não ficar uma bagunça, mas não vamos falar agora sobre isso. Ok, vamos lá:
Hello little swans, how are you? First, I'd like to apologize. I had issues with my computer and couldn't post anything these past days.
On my post about a DIY dressing table, I promised another one with organization tips. So... Here it is! When I was DIY-ing my dressing table, I searched for tips and didn't find much, so I took inspiration from images found at Pinterest and Tumblr. This is why I'm doing this post. You'll have to keep two things in mind when decorating your vanity: which look you want for it and that you need to separate all your stuff but I'll talk about it later. Ok, let's go:

♥ COMEÇANDO PELO BÁSICO / 
STARTING BY THE BASICS ♥


A primeira coisa que você tem que fazer é pensar na superfície da penteadeira e nos objetos que não são de beleza, como potinhos e coisas que vão ajudar a manter seus produtos e acessórios arrumados. Você pode usar papel e vinil como eu fiz, colocar um espelho (com ajuda profissional, é claro) ou comprar/mandar fazer uma toalha como na imagem, com babados ou não. Cobrir a superfície vai ajudar a preservar o móvel e a mantê-lo limpo. 
Quanto aos potes, eu recomendo muito os da Daiso, caso tenha na sua cidade, mas em qualquer lojinha é possível encontrar modelos lindos e pra todos os gostos. Compre apenas o que for necessário, pensando no que pretende guardar neles. Também aconselho adquirir uma bandeja. Porta-jóias são úteis, se você for deixar acessórios e jóias na penteadeira. Já vi usarem expositores de cupcakes para perfumes e maquiagem e acho uma graça! 
Se sua penteadeira tiver gavetas, é recomendável que as forre. Você pode usar tecidos, papéis estampados e até papéis de presente para isso.
The first thing you have to do is to think on the surface of the table and the objects that aren't from your beauty arsenal, such as storage boxes and stuff that will keep your products and accessories organized. You can use paper and vinyl as I did, put a mirror surface (with professional help, of course) or buy/comission a towel like in the picture above, with frills or not. Cover the surface will preserve the furniture and keep it clean. 
About the storage boxes, I recommend the Daiso ones, in case there's a store in your hometown, but you can find beautiful boxes at any store. Buy only what is necessary. I also recommend getting a tray. Jewelry boxes are useful if you want accessories in your table. I've seen cupcake displays as perfume, makeup and jewelry holders and I think it's so cute! 
If your dressing table has drawers, it's recommended to cover it inside. You can use fabrics, printed papers and even gift papers for it. 

♥ PENSE QUE É UMA LOJA / 
THINK OF IT AS STORE ♥


Pode parecer estranho, mas você precisa pensar na organização da sua penteadeira como se essa fosse uma loja, de preferência de departamento como as Americanas ou Forever 21. Você já tem ideia das coisas que quer sobre ela, né? Ótimo, mas não deixe tudo espalhado. Quando entramos numa loja, esperamos ver tudo separado por seções e naturalmente ficamos incomodados se encontrarmos uma calça jeans na seção de sapatos. Então não misture seus batons com produtos de cabelo. Separando seus pertences por "seções" vai ajudar muito na hora de se arrumar, porque vai se acostumar e automaticamente saber aonde está cada coisa. 
A bandeja serve ou para misturar um pouco, deixando expostas as coisas que você mais usa no dia-a-dia (como mostrado na imagem acima) ou para organizar algo que queira. Eu uso a minha para meus perfumes, em sua maior parte. Se não for colocar escova de cabelo, pentes e espelho de mão na bandeja, reserve um lugar para eles ou use os potes, mas atenção: não ocupe todo o espaço. Você vai precisar de boa parte da penteadeira livre para se arrumar. Por esse motivo, eu sugiro que não deixe toda a sua maquiagem na superfície, e sim em gavetas com caixinhas organizadoras, uma maleta (como eu faço) ou em organizadores plásticos (como mostrado aqui). Deixe expostos, no máximo, batons, pincéis e os produtos que usa mais, como seu pó, lápis e base favoritos.
I know it sounds weird, but you need to think of the organization as it is a store, more like a department store as Target or Forever 21. You already know what you'll put on your table, right? Great, but don't leave the stuff spread all over it. When we enter a store, we expect to see everything separated in sections and we'd naturally feel annoyed if we find a pair of jeans pants in the shoes section. So don't put your lipsticks in your hair products. Separating your stuff in "sections" will help a lot when you're getting ready because you'll get used to it and will automatically know where every single thing is at. 
The tray is meant to mix your stuff a little, expose the products you wear often on a daily basis (as shown in the photo above) or to organize anything you want. I use mine for my perfumes on its most part. If you're not leaving your hair brush, comb and hand mirror on the tray, find a special place for them on the table or put them on storage boxes, but be careful: do not occupy all of the space. You'll need a huge part of the table free to dress yourself up. Because of that, I suggest to not put all your makeup products on the surface, but in drawers with boxes, a case (as I do) or plastic organizes (check it out here). You can put lipsticks, brushes and products you wear often on the table though, as your favorite powder, pencil and foundation. 

♥ FLORES, VELAS E OUTROS OBJETOS / 
FLOWERS, CANDLES AND OTHER OBJECTS ♥


Sempre vemos flores nas fotos de penteadeira do Pinterest, Facebook, Tumblr e WeHeartIt. Flores de verdade podem não ser muito práticas, pois você terá de trocar por novas toda semana. Há várias flores falsas e realistas no mercado, então é uma opção melhor, principalmente se você não tiver um jardim para colher flores novas. 
Velas são incríveis, eu mesma adoro e são bem mais eficientes que as flores para aromatizar o ambiente, mas muito cuidado na hora de acender e como vai deixá-la na penteadeira. Se a vela não vier dentro de um pote (vidro ou metal), deixe-a em um copo de vidro ou outro suporte que não permita que a cera derrame sobre a superfície da penteadeira. E o mais importante: nada de aerosóis próximo às velas! Uma vez, a Dita estava aplicando laquê próximo a um candelabro grande cheio de velas e o cabelo pegou fogo! Se precisar de desodorante, laquê, fixador de maquiagem em spray e coisas do tipo, apague ou acenda a vela apenas após o uso. 
Objetos diversos como porta-retratos, quadros e pequenos mimos de decoração (figuras, imagens, miniaturas, bonecas, souvenirs) podem ser ótimos "tapa-buracos" e dão um toque do seu gosto próprio.
We always see flowers in photos of vanity tables at Pinterest, Facebook, Tumblr and WeHeartIt. Real flowers might not be that cool in real life, since you'd have to pick new ones every week. There are a lot of realistic fake flowers in market, so it's a better choice, specially if you don't have a garden to pick fresh flowers. 
Candles are amazing, I love it myself and they are way better than flowers to scent the room, but be careful when lighting it up and how you're going to leave it on the table. If the candle doesn't come inside a jar (made of glass or aluminium), put it inside a glass cup or any other holder that will not let the wax leak and fall onto the surface of the table. And most important: no aerosol sprays near the candles! One time, Dita was applying hair spray next to a huge candle holder with a lot of candles and her hair caught on fire! If you're going to need aerosol deodorant, hair spray, makeup setting spray or anything like that, put out the light or light it up only after you got everything done. 
Misc objects as photos, frames and small decoration items (figures, images, miniatures, dolls, souvenirs) can be great "hole fills" and give a special touch of your taste. 

♥ ÚLTIMO, PORÉM IMPORTANTE: MANTENHA LIMPO /
LAST BUT NOT LEAST: KEEP IT CLEAN ♥


Eu moro numa cidade quente onde há muita propagação de poeira. Ou seja, tenho que limpar regularmente minha penteadeira e tudo o que há em cima dela. Vivendo numa cidade onde há muita poeira ou não, é importante manter a penteadeira limpa para conservá-la e deixá-la sempre linda e higiênica. 
I live in a hot town where there are a lot of dust propagation. It means that I have to clean my table very often and everything on it. Living on a town with lots of dust or not, it's important to keep it clean to preserve it and keep the good-loking. 

Isso é tudo pessoal! Espero que minhas dicas tenham ajudado! Semana que vem tem mais post, sem atrasos ♥ XOXO
That's all folks! Hope my tips had helped you! There is a new post coming up next week with no delays ♥ XOXO

Friday, September 30, 2016

2° festival Erotic Burlesque em São Paulo

Message to my international little swans: This post in Portuguese only. I apologize, babies! But don't worry, posts with English translation will still happen! 



Little swans, hoje o post é uma super dica para fãs de burlesque que estarão em São Paulo no próximo fim de semana! No dia 9 de outubro acontecerá a segunda edição do festival Erotic Burlesque, e eu não estarei presente, mas se você puder ir, será uma excelente opção para curtir a sexta-feira e se divertir com muito glamour e sensualidade! Além das apresentações, vocês também vão poder conferir stands de lojas, como o sex shop DarkRoom. 
Pois é, eu infelizmente não estarei lá, nem na platéia nem no line-up, quem sabe ano que vem, se tudo der certo ;) mas apoiar o burlesque brasileiro é importante, pois somos uma cena nova por aqui que aos poucos está se tornando popular!

Local: Café Aurora, rua 13 de Maio, 112, Bela Vista, São Paulo/SP, das 16 às 22h
Ingressos: R$30,00 até 4 de outubro, adquira pelo email festivaleroticburlesque@gmail.com ou no Dominatrix Augusta, Rua Fernando de Albuquerque, 171, Consolação - SP. R$35 no dia do evento, no local. R$32 online pelo Pagseguro aqui

Isso é tudo, pessoal! Chamem seus amigos para embarcar nessa noite burlesca! Beijos!

Saturday, September 24, 2016

22 verdades sobre o estilo de vida vintage / 22 facts about the vintage lifestyle

Aviso: Esse post é longo e tem muitos gifs! Pode demorar a carregar.
Warning: This post is long and has a lot of gifs! It may take a while to load. 

Olá little swans! Esse post é "estilo Buzzfeed"; organizei 22 verdades (dramas) sobre ser vintagista e viver um estilo de vida vintage. Se você é um vintage lover, provavelmente vai se identificar com quase tudo dessa lista:
Hello little swans! This post is in "Buzzfeed style"; I've organized 22 facts (dramas) about being a vintagist and living a vintage lifestyle. If you're a vintage lover, will probably relate to almost everything on this list: 

1. Tudo é muito caro /
Everything is so expensive


Roupas, mobília, objetos, acessórios de toucador, colecionáveis... Você se pergunta porque escolheu um estilo de vida tão caro.
Clothes, furniture, objects, dressing table accessories, collectibles... You wonder why you chose such an expensive lifestyle. 

Thursday, September 8, 2016

Desmistificando o Tabu by Dana (1932)

Message to my international little swans: This post in Portuguese only. I apologize, babies! But don't worry, posts with English translation will still happen! 


Ah, Tabu. O famigerado, polêmico e também odiado Tabu by Dana (ou Tabu de Dana, chamem como quiser). O motivo de eu estar fazendo esse post somente em português é que nos EUA ele não teve metade das polêmicas que no Brasil (por isso eu amo a Huelândia!). É uma resenha, mas também não é (aposto que estão cansados de tantas resenhas, eu sei que fiz muitas recentemente, porém não posso deixar de falar desse perfume recém-adquirido).
Vamos começar nossa história lá em 1932, que foi o ano em que o Tabu foi lançado no mercado. Essa fragrância foi criada por ninguém menos que Jean Carles, o mesmo perfumista do amado (e caríssimo) Miss Dior, hoje vendido com outra fórmula e essência (MEH). O Tabu foi um dos favoritos de Ava Gardner, de quem eu sou fã. Então, como um perfume criado por um perfumista tão importante e amado por uma das mulheres mais bonitas e talentosas da Old Hollywood (que inclusive foi casada com Frank Sinatra) pôde ter sido tão odiado e hoje tem um espaço minúsculo nas prateleiras de mercados e farmácias? Pra início de conversa, a Dana, marca espanhola fundada pro Javier Serra, encomendou com Carles "um perfume que prostitutas usariam". O conceito é bem chocante pra época, não? Mas naquele tempo, o My Sin de Lanvin estava bombando e ele também tem essa "vibe safada" (e não vamos nem comentar sobre a Marilyn vinte anos depois dizendo que na cama usa apenas algumas gotas de Chanel N° 5, né?). Era tendência perfume que remetia a sexo e luxúria. Além disso, a Dana apostou em propagandas provocativas que apareciam em grandes revistas, vendendo como uma "fragrância proibida" e tendo como assinatura o quadro "A Sonata a Kreutzer" de René François Xavier Prinet, baseado em um romance erótico russo. 

 Resultado de imagem para tabu by dana ad

Resultado de imagem para tabu by dana ad  Resultado de imagem para tabu by dana ad
Clique para ampliar

No entanto, a ideia não foi muito bem vista por aqui. É verdade que prostitutas gostavam do Tabu, mas não foi só isso que manchou a imagem do perfume no Brasil. As pessoas usavam ele em quantidade exagerada, e cá entre nós, qualquer perfume, seja um Givenchy ou um Avon, é ruim se usado de forma errada. Logo, se tornou sinônimo de mal gosto e vulgaridade e vítima da ideia de que o barato não presta. Acredito que as mulheres conservadoras da época até gostavam, mas não admitiam só porque era "proibido". 
Anos se passaram, e enquanto o Tabu ganhou até batom com embalagem 2 em 1 lá fora (o perfume vinha junto com a bala), nas terras brasileiras ele foi fadado a ser esquecido. Nos Estados Unidos, ainda é possível encontrá-lo naquela lindíssima embalagem de violino e recentemente ganhou uma versão "Rose" com atomizador retrô e tudo, e aqui... A linha é bem completa, tem desodorante, talco e até brilhantina (!), também tem flankers (Flores, Romance e Segredos), mas morre um pouco a cada dia abandonado nas prateleiras. Passou por reformulações e dizem que o atual brasileiro é bastante diluído e o frasco não é lá essa maravilha toda, mesmo mantendo a estética art deco. O site é decadente comparado ao dos EUA (quem mais sentiu estar visitando um site de 2005 aí?) e o comercial, no mínimo, duvidoso. Triste, porém verdade. 

Quem mais consegue perceber o que ela transmite nas duas expressões?

Agora vamos falar sobre as minhas conclusões. Me interessei pelo Tabu ao pesquisar sobre ele. Não sei porque, mas toda a história de que "cheira a cabaré" não me pareceu horrível, só me fascinou ainda mais. É difícil opinar quando se sente o perfume no frasco, já que ali qualquer perfume é álcool puro. Pelo talco, pude ter uma ideia melhor e acabei levando os dois. Não consegui achar o perfume por menos de R$10 onde eu moro (vi quem conseguiu por R$4 na Armarinho Fernandes, mas não sou de São Paulo, então comprei num supermercado próximo a minha casa) e o talco foi R$5 (comentário off-topic: aproveitei e comprei sabonetes da Alma de Flores pra reencher meu estoque. Não sei mais viver sem!). O frasco é beeeeem menor do que imaginei, mas 60ml por 10 conto dá pro gasto. Chegando em casa, abri achando que a fragrância iria impregnar no meu quarto (porque segundo vários blogs, é uma bomba) e... Nada aconteceu. Cheirei várias vezes tentando achar o horror que todo mundo comenta sobre e não consegui. Pra mim, era mais um cheirinho vintage que eu iria usar com prazer... Ou era porque meu nariz é forte e por isso não achei terrível.
Depois do banho, fui lá passar umas gotinhas. De novo, não consegui achar forte. A minha mãe, que tem um nariz SUPER sensível e odeia perfume, não achou forte e disse que antigamente era bem mais, mas não matava. Se a fragrância é sensual? Sim. Vulgar? Hm... Não. Não consegui pensar em prostituta ou cabaré, só na Ava Gardner mesmo. Então notei que lembra incenso de rosas, que é meu favorito. E finalmente compreendi que com "prostituta", Dana quis dizer uma mulher provocante; não que eu concorde que toda mulher provocante é uma prostituta (ideia absurda) mas dá pra compreender a mensagem que foi passada à Carles. Abaixo as notas - em negrito, as que eu achei bem perceptíveis e as em itálico são as que eu não consegui sentir.

Notas de saída: laranja, especiarias, neróli, bergamota, coentro.

Notas de coração: cravo (especiaria), jasmim, ylang-ylang, rosas, narciso.
Notas de fundo: sândalo, âmbar, patchouli, almíscar, civeta (sintética), bezoim, musgo-de-carvalho, vetiver, cedro.



O talco me deixou perplexa porque veio pela metade. Eu não sei se dei azar em pegar um que caiu metade do produto na viagem ou se é assim mesmo. Porém, eu fiquei surpresa ao perceber que ele tem praticamente o mesmo cheiro do pó Airspun da Coty (resenha aqui)! Se você ficou curioso quanto ao cheiro que mencionei na resenha, pode ir em algum supermercado ou farmácia que tenha o talco Tabu e dar uma fungada, porque é quase a mesma coisa! A única diferença é que tem as notas do perfume junto. 

Considerações finais: Eu sinceramente não acredito que mesmo que passem a investir em um marketing bom para o Tabu ele vá voltar a ter seus dias de glória. Não está dentro do padrão de perfume que vende atualmente e tenho certeza que a Dana brasileira compreende que o público dela hoje em dia são idosos e, quem sabe, vintagistas como eu e colecionadores de perfume. Se você é amante e estudante da cultura retrô, e gosta do Charisma, Topaze, Chanel N°5 e outros clássicos, com certeza vai adorar o Tabu e conseguir imaginar Ava Gardner ficando cheirosa com ele. Mas se você não curte essências orientais, florais, amadeiradas e animálicos, ou prefere algo mais doce e suave, não chegue perto. É possível que quem entende e aprecia as tendências de perfume do século 20 não conseguirá achá-lo uma "bomba" - bomba, pra mim, é aquela desgraça chamada Angel de Thierry Mugler, que além de ser caro e ter embalagem cafona, tem caramelo, mel, baunilha, algodão doce e chocolate nas notas. Aí é só levar ao forno e tá pronto! Me julguem, mas eu não gosto de cheirar à festinha de criança (cheiro à "espírito adolescente" mas confeiteiro nunca!) e passo longe de perfume doce. Também evito frutais, eu no máximo gosto de limão, bergamota e pêssego. Sim, com isso estou dizendo que sou muito mais o Tabu de R$10, que apesar de ter sido alvo de preconceito, é uma relíquia perfeita para criar uma atmosfera suavemente sensual. Com certeza vou esfregar uma gota no pulso antes de entrar no palco para performar burlesque. 
Pra finalizar, pretendo adquirir o Romance em breve, ele é bem suave, levemente frutal e melhor para ser usado no dia-a-dia. Também quero a brilhantina só por ser brilhantina. Nem sei se vou usar, mas ter descoberto isso, sendo vintagista fanática, foi como um pirata encontrando o baú do tesouro e vai ficar lindo na minha penteadeira (pode ser que seja útil pra fazer victory rolls? Não sei, quando eu comprar eu resenho). Antes de encerrar, volto a dizer: se não entende ou não gosta do tipo de perfume que era moda em 1932, Tabu vai ser péssimo, e não é pelo preço ou suas polêmicas. Espero um dia ter a sorte de conseguir um vintage original. 

Isso é tudo, pessoal! Alguém aí usa o Tabu? Já tinha ouvido alguma das polêmicas antes? Deixe um comentário dizendo o que acha! XOXO

Clique aqui para visitar meu perfil no Fragrantica

Saturday, August 27, 2016

Review: Coty Airspun

Olá little swans! Hoje trago mais uma resenha, do pó solto facial Airspun da Coty. Antes, eu gostaria de falar um pouquinho sobre esse pó tão clássico: ele foi introduzido em 1935 para que a Coty competisse contra a Lady Esther, marca fabricante do pó facial mais vendido da época. A fabricação do Airspun consiste em produzir partículas de pó menores que prometem melhor cobertura, adesividade e textura macia, utilizando pressão por ar em uma câmara (moinho) para isso (daí o nome icônico). Após a guerra, para que o produto continuasse vendendo bem e pensando na crise econômica, a Coty passou a vender novas caixas 40% a mais de pó e por um preço menor, reduzindo de $1,10 a $1,00. Ele é fabricado até hoje da mesma forma e sua fórmula nunca mudou, e até pouco tempo, a embalagem era a mesma (uma caixa de cartolina, que foi substituída por um container de plástico).
Hello little swans! Today I'll be reviewing again, about Coty's Airspun powder. But before anything else, I'd like to talk a little about the story of this classic powder: it was first introduced in 1935 to compete against Lady Esther, the top-selling powder brand of that time. The fabrication of the Airspun consists in producing smaller powder particles that guarantee better coverage, adhesiveness and softer texture, using air pressure in a chamber (a mill) for that result (then we have the iconic name). After the war, because of the economic depression, Coty put their powder in a new box with 40% more powder than before and dropped the price from $1.10 to $1.00. It is still fabricated in this same way and its formula never changed and so the package, until a little time ago (it used to be a cardboard box, and was changed to a plastic container). 
(Fonte/Source: http://www.cosmeticsandskin.com/aba/coty-air-spun.php)

Uma das primeiras propagandas do Airspun /
One of the first ads for Airspun

O Airspun chegou a pisar em terras brasileiras e vendeu por aqui por muito tempo - e claro, era mais conhecido como "pó de arroz". Era facilmente encontrado em farmácias e armazéns, muitas mulheres usavam por ser um produto bom e barato (inclusive a minha avó, que pirou quando mostrei o meu). Por algum motivo que eu não consegui descobrir, sumiu das prateleiras lá pelos anos 80 e nunca mais voltou. Bizarro, pois vendia muito bem por aqui. 
Airspun did sell in Brazil and it was retailed here for a very long time - and of course, it was known as "pó de arroz" (rice powder, which doesn't mean it was really a rice-based powder. Any makeup powder used to be called like that because of the white colour). It could be easily found at drugstores and grocery shops, many women used to wear it because of its low cost and high quality (including my grandma, she freaked out when I showed her mine). For some reason I couldn't find, it disappeared from the stores around the 80's and never came back. Weird, but it had nice sales here. 

Propaganda brasileira, provavelmente dos anos 40 / 
Brazilian ad, probably from the 40's

Mas enfim, vamos começar essa resenha! Eu consegui o meu através da mãe da minha prima, que está morando nos EUA e precisou visitar o Brasil recentemente. Ela me deu de presente, não me disse quanto pagou e onde comprou, mas é encontrado em farmácias e mercados (como Walgreens, Walmart e Target) e por preços em torno de $4 e $7. Ou seja, é bem baratinho mesmo! Era o último que tinha na loja em que ela comprou, já que está bombando recentemente porque muitas blogueiras e drag queens vêm falando bem e usando pra fazer baking, e é na cor Naturally Neutral, recomendado para pele clara e média. 
Anyway, let's start the review! I got mine through my cousin's mother, who's living in the US and had to return to Brazil recently. She didn't tell how much she paid on it or where she got, but it can be found at drugstores and markets (as Walgreens, Walmart and Target) around $4 and $7. It is really cheap! Mine was the last one in the store she bought it, since it became a trend recently because many beauty gurus and drag queens have been using it for baking. She got it in Naturally Neutral, recommended for fair and medium skin. 

O PRODUTO /
THE PRODUCT:


♥ O que promete: "Com uma exclusiva fórmula Microspun onde partículas de pó solto são giradas até alcançarem a maciez de uma nuvem. Esse pó ultra macio esconde pequenas linhas, rugas e manchas e propõe uma nova textura à sua pele. Use para fixar a maquiagem ou como base. Longa duração."
♥ Cobertura: Eu testei em um lado do rosto para comparar com meu pó da Vult e eu fiquei chocada. Até então, o da Vult parecia extremamente bom e eficiente, e o Airspun o desbancou totalmente. Matifica perfeitamente e escondeu até minhas olheiras, fazendo minha pele parecer porcelana! Quanto a esconder manchas (tenho marcas de espinhas), não cobre totalmente sem corretivo e/ou base. 
♥ Textura: Parece exagero quando falam no rótulo que proporciona a maciez de uma nuvem, mas por mais incrível que pareça é verdade! A textura é fantástica e muito macia. 
♥ O que me desapontou: A peneira plástica veio com uma parte um pouco "saltada", o que dificulta a saída do produto. Tenho que "dar tapinhas" para forçar o pó a sair. Além disso, a Coty não é uma marca cruelty-free e eu já tinha lido reclamações sobre a embalagem não ser prática para levar na bolsa ou necessaire. Pois bem, eu tentei levar numa bolsa envelope e ocupou bastante espaço! Não tem a praticidade do pó compacto, que além de pequeno, vem sempre com espelho. 
♥ What it claims: "Featuring an exclusive Microspun formula where loose powder particles are spun and swirled until they reach a cloudlike softness. This ultra smooth powder hides tiny lines, wrinkles and blemishes and gives a new softness to your skin. Use to set make-up or as a foundation. Long lasting."
♥ Coverage: I tried it in half of my face to compare with my Vult powder and I was shocked. Vult's used to look really good and neat but Airspun put it to shame. It mattifies perfectly and even hide my dark circles, making my skin looks like porcelain! It doesn't hide blemishes completely though (I have some acne scars), not without concealer and/or foundation.
♥ Texture: The label sounds a little exaggerated on the "cloudlike softness" part but it really feels extra smooth! The texture is fantastic and very soft. 
 What disappointed me: The plastic sifter has a small bump, which makes it harder for the powder to come out. I have to "spank it" a little to force the product to be released. Besides, Coty is not a cruelty-free brand and I've read complains about the package not being travel-friendly. Well, I tried to carry it on an envelope handbag and it takes a lot of space! It's not pratical as compact powder, that is not only small but always come with a mirror. 


♥ Outras observações: Eu estou simplesmente apaixonada pelo puff que vem com o produto! Acredito que é feito de nylon, é bem fofo, mas nem todo mundo gosta de aplicar o pó com ele (eu particularmente gosto, depois passo o pincel kabuki pra "varrer" excessos). O cheiro é uma característica bem marcante também. Eu tenho o nariz forte, mas pode incomodar quem é mais sensível a perfumes. 
♥ O que achei no geral: É um pó maravilhoso, clássico e que prova que não precisa ser caro pra ser bom. Com certeza comprarei mais dele quando eu for aos EUA e é uma pena que não é mais vendido no Brasil há trinta anos. Também é péssimo não ser cruelty-free :( 
♥ Other notes: I'm absolutely in love with the puff that comes with it! I believe it's made with nylon, it's very fluffy, but not everyone likes applying the powder with it (I personally like it, then I use my kabuki brush to swipe off excesses). The scent is a notable characteristic too. I have a strong nose, but it might bother you if you're sensitive with fragrances. 
♥ Overview: It's a wonderful, classic powder that proves that it doesn't have to be expensive to be good. I'll surely buy more of it when I go to the US and it's a shame that it's not available in Brazil anymore for thirty years. It is also terrible that is not cruelty-free :(

NOTA FINAL / OVERALL RATING:

4.5/5

Isso é tudo pessoal! Alguém aí já havia testado o Airspun? Deixe um comentário! XOXO
That's all folks! Did one of you gals try Airpsun? Leave a comment! XOXO