Saturday, August 27, 2016

Review: Coty Airspun

Olá little swans! Hoje trago mais uma resenha, do pó solto facial Airspun da Coty. Antes, eu gostaria de falar um pouquinho sobre esse pó tão clássico: ele foi introduzido em 1935 para que a Coty competisse contra a Lady Esther, marca fabricante do pó facial mais vendido da época. A fabricação do Airspun consiste em produzir partículas de pó menores que prometem melhor cobertura, adesividade e textura macia, utilizando pressão por ar em uma câmara (moinho) para isso (daí o nome icônico). Após a guerra, para que o produto continuasse vendendo bem e pensando na crise econômica, a Coty passou a vender novas caixas 40% a mais de pó e por um preço menor, reduzindo de $1,10 a $1,00. Ele é fabricado até hoje da mesma forma e sua fórmula nunca mudou, e até pouco tempo, a embalagem era a mesma (uma caixa de cartolina, que foi substituída por um container de plástico).
Hello little swans! Today I'll be reviewing again, about Coty's Airspun powder. But before anything else, I'd like to talk a little about the story of this classic powder: it was first introduced in 1935 to compete against Lady Esther, the top-selling powder brand of that time. The fabrication of the Airspun consists in producing smaller powder particles that guarantee better coverage, adhesiveness and softer texture, using air pressure in a chamber (a mill) for that result (then we have the iconic name). After the war, because of the economic depression, Coty put their powder in a new box with 40% more powder than before and dropped the price from $1.10 to $1.00. It is still fabricated in this same way and its formula never changed and so the package, until a little time ago (it used to be a cardboard box, and was changed to a plastic container). 
(Fonte/Source: http://www.cosmeticsandskin.com/aba/coty-air-spun.php)

Uma das primeiras propagandas do Airspun /
One of the first ads for Airspun

O Airspun chegou a pisar em terras brasileiras e vendeu por aqui por muito tempo - e claro, era mais conhecido como "pó de arroz". Era facilmente encontrado em farmácias e armazéns, muitas mulheres usavam por ser um produto bom e barato (inclusive a minha avó, que pirou quando mostrei o meu). Por algum motivo que eu não consegui descobrir, sumiu das prateleiras lá pelos anos 80 e nunca mais voltou. Bizarro, pois vendia muito bem por aqui. 
Airspun did sell in Brazil and it was retailed here for a very long time - and of course, it was known as "pó de arroz" (rice powder, which doesn't mean it was really a rice-based powder. Any makeup powder used to be called like that because of the white colour). It could be easily found at drugstores and grocery shops, many women used to wear it because of its low cost and high quality (including my grandma, she freaked out when I showed her mine). For some reason I couldn't find, it disappeared from the stores around the 80's and never came back. Weird, but it had nice sales here. 

Propaganda brasileira, provavelmente dos anos 40 / 
Brazilian ad, probably from the 40's

Mas enfim, vamos começar essa resenha! Eu consegui o meu através da mãe da minha prima, que está morando nos EUA e precisou visitar o Brasil recentemente. Ela me deu de presente, não me disse quanto pagou e onde comprou, mas é encontrado em farmácias e mercados (como Walgreens, Walmart e Target) e por preços em torno de $4 e $7. Ou seja, é bem baratinho mesmo! Era o último que tinha na loja em que ela comprou, já que está bombando recentemente porque muitas blogueiras e drag queens vêm falando bem e usando pra fazer baking, e é na cor Naturally Neutral, recomendado para pele clara e média. 
Anyway, let's start the review! I got mine through my cousin's mother, who's living in the US and had to return to Brazil recently. She didn't tell how much she paid on it or where she got, but it can be found at drugstores and markets (as Walgreens, Walmart and Target) around $4 and $7. It is really cheap! Mine was the last one in the store she bought it, since it became a trend recently because many beauty gurus and drag queens have been using it for baking. She got it in Naturally Neutral, recommended for fair and medium skin. 

O PRODUTO /
THE PRODUCT:


♥ O que promete: "Com uma exclusiva fórmula Microspun onde partículas de pó solto são giradas até alcançarem a maciez de uma nuvem. Esse pó ultra macio esconde pequenas linhas, rugas e manchas e propõe uma nova textura à sua pele. Use para fixar a maquiagem ou como base. Longa duração."
♥ Cobertura: Eu testei em um lado do rosto para comparar com meu pó da Vult e eu fiquei chocada. Até então, o da Vult parecia extremamente bom e eficiente, e o Airspun o desbancou totalmente. Matifica perfeitamente e escondeu até minhas olheiras, fazendo minha pele parecer porcelana! Quanto a esconder manchas (tenho marcas de espinhas), não cobre totalmente sem corretivo e/ou base. 
♥ Textura: Parece exagero quando falam no rótulo que proporciona a maciez de uma nuvem, mas por mais incrível que pareça é verdade! A textura é fantástica e muito macia. 
♥ O que me desapontou: A peneira plástica veio com uma parte um pouco "saltada", o que dificulta a saída do produto. Tenho que "dar tapinhas" para forçar o pó a sair. Além disso, a Coty não é uma marca cruelty-free e eu já tinha lido reclamações sobre a embalagem não ser prática para levar na bolsa ou necessaire. Pois bem, eu tentei levar numa bolsa envelope e ocupou bastante espaço! Não tem a praticidade do pó compacto, que além de pequeno, vem sempre com espelho. 
♥ What it claims: "Featuring an exclusive Microspun formula where loose powder particles are spun and swirled until they reach a cloudlike softness. This ultra smooth powder hides tiny lines, wrinkles and blemishes and gives a new softness to your skin. Use to set make-up or as a foundation. Long lasting."
♥ Coverage: I tried it in half of my face to compare with my Vult powder and I was shocked. Vult's used to look really good and neat but Airspun put it to shame. It mattifies perfectly and even hide my dark circles, making my skin looks like porcelain! It doesn't hide blemishes completely though (I have some acne scars), not without concealer and/or foundation.
♥ Texture: The label sounds a little exaggerated on the "cloudlike softness" part but it really feels extra smooth! The texture is fantastic and very soft. 
 What disappointed me: The plastic sifter has a small bump, which makes it harder for the powder to come out. I have to "spank it" a little to force the product to be released. Besides, Coty is not a cruelty-free brand and I've read complains about the package not being travel-friendly. Well, I tried to carry it on an envelope handbag and it takes a lot of space! It's not pratical as compact powder, that is not only small but always come with a mirror. 


♥ Outras observações: Eu estou simplesmente apaixonada pelo puff que vem com o produto! Acredito que é feito de nylon, é bem fofo, mas nem todo mundo gosta de aplicar o pó com ele (eu particularmente gosto, depois passo o pincel kabuki pra "varrer" excessos). O cheiro é uma característica bem marcante também. Eu tenho o nariz forte, mas pode incomodar quem é mais sensível a perfumes. 
♥ O que achei no geral: É um pó maravilhoso, clássico e que prova que não precisa ser caro pra ser bom. Com certeza comprarei mais dele quando eu for aos EUA e é uma pena que não é mais vendido no Brasil há trinta anos. Também é péssimo não ser cruelty-free :( 
♥ Other notes: I'm absolutely in love with the puff that comes with it! I believe it's made with nylon, it's very fluffy, but not everyone likes applying the powder with it (I personally like it, then I use my kabuki brush to swipe off excesses). The scent is a notable characteristic too. I have a strong nose, but it might bother you if you're sensitive with fragrances. 
♥ Overview: It's a wonderful, classic powder that proves that it doesn't have to be expensive to be good. I'll surely buy more of it when I go to the US and it's a shame that it's not available in Brazil anymore for thirty years. It is also terrible that is not cruelty-free :(

NOTA FINAL / OVERALL RATING:

4.5/5

Isso é tudo pessoal! Alguém aí já havia testado o Airspun? Deixe um comentário! XOXO
That's all folks! Did one of you gals try Airpsun? Leave a comment! XOXO

Monday, August 15, 2016

Book review: Wayne of Gotham


Hey little swans! Como estão vocês? Espero que tudo esteja bem! Mal posso acreditar que já estamos em agosto, 2016 está voando!
Hoje trouxe a segunda resenha de livro do blog (clique aqui para conferir a primeira), da novela Wayne de Gotham escrita por Tracy Hickman (mas é claro, Batman foi criado por Bob Kane e Bill Finger!). O livro é de autoria da DC, que além de ter universos nos quadrinhos, jogos e cinema, agora tem um literário! Não é tão recente, essa novela é de 2012, mas eu fiquei muito feliz quando descobri. Eu comprei como um presente de aniversário pra mim mesma, mas como eu demoro muito pra terminar livros, essa resenha atrasou bastante, mas enfim!
Hey little swans! How are you? Hope everything's fine! I can't believe we're in August already, 2016 is flying!
Today I'll be revewing a book for the second time (click here to check out the first book review), it is Wayne of Gotham, a novel by Tracy Hickman (but of course, Batman was created by Bob Kane and Bill Finger!). The book belongs to DC, which owns universes at comics, games and movies, and now created a literature one! This is not really recent, the novel was released in 2012, but I was really happy when I found out about it. I bought it as a birthday present for myself, but as I take a long time to finish books, this review is really late, but anyways!

SINOPSE / PLOT:

"Ainda criança, Bruce Wayne testemunha o assassinato dos pais – e o mistério sobre o motivo o impulsiona a fazer uma busca pelo seu passado. É quando descobre um diário secreto de seu pai Thomas, um médico rebelde que parece finalmente revelar o seu lado obscuro.
Sua identidade é seriamente abalada quando um convidado levanta, inesperadamente, questões sobre o evento que acabou com a vida de sua amada mãe e seu admirável pai – caso que provocou para sempre sua vontade insaciável de proteção e vingança.
Para descobrir a história real da família, Batman precisa confrontar o antigo inimigo, como o perverso Coringa, seu próprio mordomo Alfred, além do passado que assombra o asilo Arkham, para assumir o novo fardo de um legado sombrio."
"Two men joined by blood but separated by murder: Thomas, the rebellious doctor and heir to the vast Wayne empire, and Bruce, his son, whose life is forever altered when he witnesses the brutal death of his parents.
The slaying of Thomas and Martha Wayne is the torturous point on which Bruce turns to become the mysterious crusader Batman—the genesis of a simple mugging gone horribly wrong. The Dark Knight's file on the case has long been closed, the foundations of Bruce Wayne's secret life secure. But these foundations are shaken when an unexpected guest invades the grounds of Wayne Manor, raising questions about the event that ended the lives of the mother he loved and the father he worshipped, and sparked his unquenchable drive to protect and avenge.
To discover his true family history, Batman must face down old foes, confront his only confidant, invade the evil heart of Arkham Asylum, and shoulder the terrible new burden of a dark legacy."

A EDIÇÃO BRASILEIRA /
THE BRAZILIAN EDITION:


Não tenho o que reclamar da edição nacional desse livro. A capa é simplesmente maravilhosa, ainda que um tanto minimalista e o papel é excelente. Sinceramente, achei muito mais bonita que a edição norte-americana/original, que na minha opinião, parece mais uma capa de HQ, e não de um livro.
I have zero complains about the Brazilian edition of this book. The cover is absolutely beautiful, though a little minimalist and the paper is great. Honestly, I think it is pretter than the North-American/original edition, which in my opinion, looks more like a comic cover than a book. 

Edição Norte-Americana /
North-American edition

O QUE EU ACHEI /
WHAT I THOUGHT OF IT:

Eu esperava algo diferente, mas não me desapontou! Ler uma história de Batman nesse formato lhe dá outra perspectiva desse universo e mais detalhes de tudo (como a história do Asilo Arkham e seus terrores, o funcionamento do batmóvel e os bat-computadores, etc). Além disso, a novela nos permite conhecer Martha Kane e Thomas Wayne como nunca antes! A história é divida entre o presente e o passado no final da década de 50, antes deles serem um casal e durante a juventude, e talvez consigam imaginar o quanto eu surtei quando a narrativa revelou que Martha era (secretamente) uma beatnik! Existe uma passagem ou outra com um leve toque de erotismo e tensão sexual entre eles, mas nada "escancarado", nem que se possa comparar ao erotismo (ou melhor, "p*taria") das HQs que Kevin Smith escreveu, por exemplo (tipo, é sério, não leia O Grande Giro se você não gosta de insinuações e piadas de cunho sexual o tempo todo - aliás, não leia essa HQ em hipótese alguma porque ela é muito ruim!). Também tem personagens novos criados apenas para o livro, o que torna tudo mais legal!
O enredo conseguiu englobar vários vilões (alguns não tão famosos e outros novos), mas a única coisa que me decepcionou sobre a história foi a ausência da bat-família. Não há participação de nenhum Robin, Bruce é completamente sozinho aqui e o mais próximo que temos disso é menções à Barbara Gordon. Isso me incomodou um pouco porque partiu muito pro estereótipo de que "o Batman trabalha sozinho" (o que é a maior mentira) e os Robins são muito importantes na história do personagem e na mitologia.
I was expecting something different, but it didn't disappoint me! Reading a Batman story on this kind of format gives you another perspective of this universe and more details on everyhing (as the story of the Arkham Asylum and its horrors, how do the batmobile and batcomputers work, etc). Besides, the novel allows us to meet Martha Kane and Thomas Wayne as never before! The story is divided between the present and the past in the late 50's, before they were a couple and during their 20's, and I believe you can imagine how I reacted when the plot revealed that Martha was (secretly) a beatnik! There are a few parts with a slight touch of eroticism and sexual tension between them, but nothing really "explicit", and it can't be compared to the eroticisim seen at some comics that Kevin Smith wrote (like, seriously, don't read The Widening Gyre if you don't like sexual inuendos and jokes all the time - by the way, just don't read this comic because it is really bad!). There are also new characters created for the book, which makes everything cooler! 
The plot included many villains (some that aren't famous and new ones), but the only thing that disappointed me about it is that there's no bat-family. There's no appearances of the Robins, Bruce is completely alone and the only we get is a few mentions to Barbara Gordon. This bothered me a little because it's too much of the "Batman works alone" stereotype (that's a horrible lie) and Robins are actually very important for Bruce's story and mythology of Batman. 

CONTRA-INDICAÇÕES /
CONTRANDICATIONS:

Eu não recomendaria a novela a um novo leitor de Batman, e o motivo é simples: muitos nomes, termos e referências que podem não ser familiares a um "iniciante" (leia aqui o post sobre 10 coisas que todo novo Batmaniac deve saber!). O livro não é uma introdução, Bruce está com quase 50 anos de idade nele, então se você não conhece bem o universo do morcegão, aconselho a ler as HQs "básicas" (aqui tem uma lista legal) e dar uma conferida na série animada primeiro. Então por favor, não pegue o bonde andando ou você vai ficar mais perdido que o John Travolta!
I don't recommend this novel to a new Batman reader, and the reason is very simple: too many names, terms and references that might not sound familiar to a "beginner" (check out here a list of 10 things that every new Batmaniac must know!). This book is not an introduction, Bruce is almost on his 50's, so if you don't know the bat's universe very well, I recommend you to read the "essential" comics (there's a nice reading list for new readers here) and watch a few episodes of the Animated Series first. So please, don't try to skip those essentials or you'll be as confused as John Travolta!

NOTA FINAL /
OVERALL RATING:
4/5
É um livro que todo leitor de Batman deveria ter em sua coleção, mas é uma pena não ter a bat-família na história.
It's a book that every Batman reader should own, but it's a shame that there is no bat-family in the plot.


Isso é tudo pessoal! Espero que tenham gostado e que leiam Wayne de Gotham <3 semana que vem tem mais! XOXO
That's all folks! I hope you read Wayne of Gotham and like it <3 there will be more next week! XOXO